sexta-feira, 16 de agosto de 2013

CLASSIFICANDO CONJUNÇÕES

   Um conteúdo que deve estar sempre em dia nos estudos é a classificação de conjunções. Embora os vestibulares não cobrem diretamente o nome das orações, a classificação das conjunções é extremamente importante para fins de interpretação e de questões de semântica (substituição de uma conjunção por outra que seja sinônima). Assim, vejamos a tirinha abaixo e a posterior análise dos termos que introduzem orações.


   Na tirinha, temos as conjunções:

QUE ELA ESTAVA LOUCA

MAS LOUCA MESMO ELA ESTARIA

SE NÃO TIVESSE AQUELES CÃES

PARA CONVERSAR* 
(ORAÇÃO REDUZIDA = PARA QUE CONVERSASSE)

- A conjunção QUE é classificada como integrante, pois introduz uma oração substantiva, com função de objeto direto do verbo "jurava"; 

- A conjunção MAS é adversativa e pode ser substituída por qualquer outra conjunção de mesmo valor (PORÉM, ENTRETANTO, TODAVIA......);

- A conjunção SE é condicional e, naturalmente, pode ser substituída por outras conjunções condicionais (CASO, DESDE QUE...)

- A conjunção PARA QUE - que foi reduzida a "PARA" - é final e pode ser substituída pela locução conjuntiva A FIM DE QUE, ou - na forma reduzida - por "A FIM DE".

  Estejam atentos à classificação das conjunções para provas de interpretação!

   Beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário